Os benefícios do Neurofeedback na idade escolar

Não é incomum nos depararmos com crianças que encaram dificuldades para desenvolver as atividades esperadas dentro do ambiente escolar. As razões para isso podem ser as mais diversas. No entanto, em muitos desses casos, essas crianças podem estar sendo prejudicadas por questões muito particulares ao seu desenvolvimento e funcionamento cerebral. Esse é o caso de muitos alunos com TDAH e dificuldades de aprendizagem que se exteriorizam no dia-a-dia da escola. 

Essas crianças, muito distantes de serem apenas "bagunceiras" ou "desinteressadas", estão antes lidando com dificuldades reais e inerentes à forma como o seu cérebro recebe, processa e interpreta a informação. Sendo assim, faz todo sentido buscar um modelo de intervenção que busque modificar a forma como esse cérebro funciona, trazendo uma melhora no desempenho escolar dessa criança.

Daí surge o tema do Neurofeedback. Essa técnica, pesquisada amplamente nos EUA e alguns lugares da Europa e China ao longo das últimas décadas, tornou possível condicionar nosso cérebro a adquirir e manter novos hábitos eletrofisiológicos e obter grandes ganhos do ponto de vista sintomático e comportamental. Mais do que isso, o Neurofeedback tem demonstrado grande valor quando realizado em crianças de idade escolar, tanto na diminuição dos sintomas do TDAH, quanto no aumento da performance cognitiva em crianças com dificuldades de aprendizagem.

Explicando mais: o Neurofeedback é uma metodologia de treinamento e intervenção na qual, por meio da visualização em tempo real da atividade elétrica do cérebro, é possível receber estímulos visuais e auditivos de forma a alterar esse padrão de funcionamento para níveis que forneçam maior autocontrole, maior bem estar e melhor performance. No caso de crianças, é possível tornar esse treinamento bastante lúdico, por meio de jogos que simulam uma espécie de videogame ou mesmo por meio de vídeos, filmes e desenhos adequados para a criança que está treinando, contribuindo para o engajamento e colaboração dela no processo.

Você quer saber de que forma então o Neurofeedback pode auxiliar seu filho, filha, aluno ou aluna? Que tal compartilhar esse conhecimento em sua escola ou junto a um grupo de pais e professores? Estamos à disposição para isso!

Para maiores informações e agendamentos, basta entrar em contato no formulário abaixo.

 

Potencialize-se!

LOGO POTENCIALMENTE.png