top of page
  • Foto do escritorBruno Zocchi

Como descobrir se seu filho tem TDAH antes que isso se torne um problema?

Atualizado: 27 de jul. de 2023



O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um dos transtornos neuropsiquiátricos mais comuns em crianças e adolescentes, afetando cerca de 5% a 10% da população infantil em todo o mundo, segundo o DSM-V. Embora o TDAH possa ser um desafio para as crianças e suas famílias, quando identificado precocemente, pode ser gerenciado de forma eficaz com o tratamento adequado. Mas como descobrir se seu filho tem TDAH antes que isso se torne um problema?


O TDAH é um transtorno do desenvolvimento que se manifesta em sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade. As crianças com TDAH têm tendência a mostrar dificuldade em manter a atenção em tarefas que exigem esforço mental, a ser impulsivas e tendem a agir sem pensar nas consequências, além de serem excessivamente ativas. Esses sintomas podem prejudicar a vida social, escolar e familiar das crianças que apresentam o transtorno.


Um dos maiores problemas que podem surgir se o TDAH não for identificado precocemente é a queda do desempenho acadêmico. Crianças com TDAH têm dificuldade em se concentrar nas aulas e em seguir as instruções do professor, o que pode levar a notas baixas e frustração. Quando o TDAH, inclusive, é confundindo com uma postura preguiçosa da criança, isso tende a causar ainda mais problemas e retroalimentar a frustração e a raiva na criança. Além disso, as crianças com TDAH podem ter dificuldades em se relacionar com seus pares, o que pode resultar em problemas de autoestima, ansiedade e depressão.


A identificação precoce do TDAH é fundamental para garantir que as crianças afetadas recebam o tratamento adequado. As melhores maneiras de tratar o transtorno são por meio de medicação, terapia comportamental, treinamento cerebral e treinamento de habilidades sociais. A medicação, em alguns casos, pode ajudar a melhorar a capacidade da criança de se concentrar e controlar seus impulsos. A terapia comportamental ajudará a criança a desenvolver estratégias para lidar com seus sintomas e a melhorar suas habilidades sociais. O treinamento cerebral servirá para estimular um padrão de funcionamento elétrico mais adequado ao cérebro da criança, com o objetivo de diminuir as queixas sintomático-comportamentais. O treinamento de habilidades sociais pode ajudar a criança a se comunicar melhor com seus pares e a construir relacionamentos saudáveis.


Para identificar se seu filho tem TDAH, é necessário um processo diagnóstico cuidadoso, que geralmente é feito por meio de Avaliação Neuropsicológica. A avaliação consiste em uma série de testes psicológicos, neuropsicológicos e de comportamento que avaliam a atenção, memória, habilidades motoras, linguagem, percepção visual e auditiva, além de habilidades sociais e emocionais. O processo de avaliação também envolve a coleta de informações de pais e professores, que fornecem informações importantes sobre o comportamento e desempenho da criança em diferentes ambientes.


A Avaliação Neuropsicológica é um processo que leva algumas sessões para ser concluído, na PotencialMente, em média 4 sessões de 2 a 3 horas. Durante o processo, o neuropsicólogo avaliará as habilidades cognitivas e comportamentais da criança, e identificará quaisquer problemas ou desafios que possam estar afetando a capacidade da criança de se concentrar, seguir instruções e controlar impulsos.


Depois de concluir a avaliação neuropsicológica, o neuropsicólogo ou neuropsicóloga fornecerá um relatório detalhado que inclui recomendações para o tratamento e gerenciamento do TDAH. Com base no relatório, os pais podem decidir qual é o melhor curso de tratamento para seu filho, incluindo a possibilidade de medicação, treinamento cerebral e terapia comportamental.


Em resumo, descobrir se seu filho tem TDAH antes que isso se torne um problema é fundamental para garantir que ele receba o tratamento adequado e não sofra as consequências do transtorno. A identificação precoce pode ajudar a prevenir problemas acadêmicos, sociais e emocionais, e permitir que a criança desenvolva habilidades para gerenciar seus sintomas. A Avaliação Neuropsicológica é um processo importante para o diagnóstico do TDAH, pois fornece informações detalhadas sobre o comportamento e desempenho da criança, permitindo que os profissionais de saúde tomem decisões informadas sobre o tratamento.


Ao tomar medidas precoces e eficazes para tratar o TDAH, os pais podem ajudar seus filhos a alcançar seu potencial máximo e ter uma vida mais saudável e feliz. É importante lembrar que o TDAH é um transtorno gerenciável e que com o tratamento adequado, as crianças afetadas podem ter uma vida plena e produtiva.


 

O que você achou desse conteúdo? Conte para nós aqui nos comentários e fique à vontade para sugerir outros temas também! Potencialize sua mente!

Texto revisado pela Neuropsicóloga Patrícia Zocchi

CRP: 06/77641


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page